. . . . . .

A atuação profissional de psicólogas/os no processo transexualizador e demais formas de assistência às pessoas trans

Em agosto de 2019 o Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP) publicou um importante documento referente ao atendimento de pessoas trans por profissionais da psicologia. Nele, o CRP-SP reafirma o compromisso ético-político da categoria, orientando e estabelecendo diretrizes para que pessoas transvestigêneres sejam atendides com dignidade e respeito às suas necessidade e individualidades.
Para isso, o CRP-SP elaborou este documento amparado em trêms tópicos importantes: 1. Leis e portarias que abordam a forma de compreensão do atendimento universal à saúde e ao atendimento específico da população trans; 2. Diretrizes internacionais de acompanhamento à população
trans, da World Professional Association of Transgender Health – WPATH (Associação Mundial Profissional para a Saúde Transgênero); e 3. O papel da/o psicóloga/o frente à equipe de trabalho multidisciplinar.

Você pode acessar o documento aqui: Documento de Orientação CRP 06 nº 002/2019
Ou acessá-lo diretamente no site do CRP-SP.

Curtiu? Compartilhe! =)

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.